MENU+
PRÓXIMA Filmes que você não pode deixar de assistir com as crianças ANTERIOR Filmes que você não pode deixar de assistir com as crianças

Vivian Maier: anonimato e fotografias emocionantes

publicado em: 05/06/2013

É com enorme prazer e caneca de café tamanho venti que início minha coluna aqui no Miss Caffeine falando sobre uma das coisas nesse mundo que mais faz meu coraçãozinho dar duplo twist carpado de alegria – Fotografia.

Para iniciar essa coluna decidi falar um pouco da Vivian Maier, uma fotógrafa que passou sua vida inteira no anonimato e foi descoberta ao acaso por John Maloof, quando este arrematou algumas das suas fotos numa casa de penhores nos arredores de Chicago. Quando percebeu que o material arrematado era fantástico, John Maloof decidiu voltar para comprar o restante (muitos negativos ainda nem revelados) e também tentou encontrar a autora das fotos, descobrindo que ela tinha falecido pouco tempo antes.

Em suas buscas por fatos que preenchessem a história dessas imagens, Maloof deparou-se com a história de uma mulher reservada: foi babá durante 40 anos em diferentes casas, viajou por diversos países sempre fotografando e nunca tinha mostrado suas fotos para ninguém.

Não tem como não se emocionar com as fotos dela, composições extraordinárias com retratos que fogem de ser pedantes e nos mostram que há beleza no dia-a-dia das grandes cidades. Confesso que pra mim o mais intrigante da Vivian Maier ainda é entender como e porque uma artista tão talentosa escondeu por toda uma vida trabalhos tão bons. Eu estou contando os dias pra assistir esse documentário sobre a vida dela.

categorias : Fotografia
Dani Alves
Dani é publicitária e no pouco tempo que sobra consegue se desdobrar em 86320582 hobbys diferentes como ser uma viciada em séries e filmes, fotografar, ouvir música no último volume, fazer muay thay e ver todos os melhores gifs de todos os tempos da semana.

Deixe o seu comentário


1 Comentário
05/06/2013 às 20h37
Que sonho! Assisti um programa sobre ela tempos atrás na GloboNews... Ela foi uma fotógrafa sensacional!!! Imagina só, descobrirem seu talento tempos depois da sua morte|!!! Tão triste, mas tão célebre!!!